Esoterismo

Entenda a Diferença entre Religiosidade e Espiritualidade

Avatar
Escrito por Mistika

Ficar preso apenas ao que é visto não é um caminho válido, porém buscar a diferença entre religiosidade e espiritualidade pode ajudar nisso tudo.

É preciso apenas olhar para dentro de si, conectar-se com o “Todo” e ter a condição de estar mais calmo.

Ah, eu sei que talvez o pensamento seja “cadê Deus”, porém o “Todo” é uma representação generalizada de Deus.

O foco não é de modificar a sua crença e sim de mostrar a diferença entre dois conceitos bem parecidos.

Para conseguir entendê-los de maneira separada, a dica é simples e basta buscar atentar-se a fatores.

Sendo assim, é a hora mais adequada para conferir todas as informações e ter acesso a indicação de cada uma.

Qual é a diferença entre diferença entre religiosidade e espiritualidade?

Em resumo, é muito comum confundir ambos os conceitos e acabar caindo naquela situação muito comum.

Trata-se de achar que a diferença entre religiosidade e espiritualidade se dá apenas no nome, jamais na prática.

Esse tipo de assunto é um tanto polêmico no Brasil, porque trata-se de um país terminantemente cristão e é afincado na religiosidade.

Desde a colonização portuguesa, passando pelas missões dos jesuítas aos índios e chegando à religião oficial, é comum pensar nisso.

Certamente que a espiritualidade é um tema um tanto novo e não tem mais do que 1 século e meio no Brasil.

Entender quais são as diferenças é importante e os próximos tópicos terão a proposta de mostrar cada um.

Confira mais sobre esoterismo:

Religiosidade

Religião tem um conceito ligado a religar-se com Deus, porém o significa fica apenas na teoria e nunca na prática.

A verdade é que para muitos a chave da salvação está na sua religião e não existe qualquer preocupação com os demais.

Quando existe esse pensamento, normalmente a ideia é converter e seguir a risca aquilo que é tido por todo.

Vale destacar que pode existir pastores, padres, médiuns e pais-de-santo dessa forma, confira a seguir algumas características disso:

  • Dogmas– O fundamentalismo religioso causa muitos dogmas e desde a idade média tem sido assim, contando com duas inquisições.
  • Manipulação– É um tema polêmico e a realidade é que acontece, sempre tendo o demônio como um antagonista de Jesus.
  • Castigo– Caso aquilo não seja seguido ao pé da letra, o fiel é castigado e quase sempre é estar condenado a algo que seja eterno.

Deu para perceber que a religioso é um tanto limitante e acaba fazendo com que exista uma segregação.

Mais uma vez, a ideia do texto não é criticar e sim informar, mesmo que no começo não seja algo legal de ser lido.

Para entender a religiosidade, o principal é pensar no “pode e não pode” e acabará ficando muito mais simples.

É fundamental gravar isso na cabeça, porque é a diferença que fica mais latente e deve ser sempre citada.

Espiritualidade

A espiritualidade trabalha com conceitos mais universais e não engloba qualquer tipo de religião.

Sendo assim, a palavra “religiosidade” não é usada e é algo ligado a Deus ou mesmo “ao Todo”.

É muito importante aprender esse fato e entender que a espiritualidade trabalha de maneira libertadora.

O mais relevante é entender algumas diferenças e como se dá essa situação, confira a seguir mais informações:

  • Ausência de dogmas– Não existe qualquer tipo de crença que venha a limitar as pessoas, porque o foco é expandir a consciência.
  • Maior responsabilidade– É necessário citar que não existe a visão de um “alter ego” de Jesus, fazendo com a responsabilidade seja sua.
  • Segurança– Por saber que não existe punição e sim uma reação da sua atitude, é mais simples de estar cada vez mais seguro.

Sem dúvidas é um ponto positivo a religiosidade e faz com que dê para que tudo possa ser melhor utilizado.

A ideia é libertar e não prender, por isso mesmo que não é preciso seguir uma religião sempre ao pé da letra.

O principal é buscar valorizar essas informações e usar a religiosidade a seu favor, fazendo com que possa estar sem nada que limite.

Resta citar, que dá para encontrar espiritualistas fanáticos e religiosos sem fazer proselitismo, pois depende de cada um e não dos demais.

É possível entender a diferença e não separar ambas?

Com toda a certeza, o próprio Programa Fraternidade Sem Fronteiras tem mostrado esse fato no Brasil.

Trata-se de um programa inter-religioso e tem a meta de ajudar as crianças de Moçambique a terem qualidade de vida.

É comum encontrar médiuns espíritas, mães de santo de Umbanda, pastores evangélicos e freiras católicas.

Todos têm o mesmo objetivo e dialogam entre si, focando no amor ao próximo e jamais em fazer proselitismo.

O principal é tentar usar a espiritualidade e conseguir tomar um pouco da religiosidade, porque existe o conceito de separar.

A diferença entre religiosidade e espiritualidade foi mostrada, porém é preciso apenas começar a colocar em prática.

Sobre o autor

Avatar

Mistika

Que existe muita coisa sem explicação todos nós sabemos. O maisMistika surgiu da vontade de partilhar conteúdo espiritualista em várias vertentes que por vezes não é bem aceita nem entendido.

Não será uma missão fácil, mas temos certeza que muito dos assuntos falados irão ser do interesse de muitas pessoas.

Quer ser um colunista do maisMistika, envie seu pedido pelo formulário de contacto ou envie um email para: maismistika[@]gmail.com .

Deixe um comentário