Pular para o conteúdo
Início » Espiritualidade » Como Zé Pelintra morreu? Conheça toda a sua história

Como Zé Pelintra morreu? Conheça toda a sua história

Se você faz parte do time de pessoas que gosta de saber mais sobre a Umbanda e/ou o Mundo Místico, é comum que tenha certas curiosidades a respeito de algumas entidades. Você algum dia já se perguntou como seu Zé Pelintra morreu? Também conhecido como Zé Pilintra, seu Zé é uma das figuras mais importantes da religião umbandista.

O falange está associada à linhagem dos malandros, pois é um grande defensor e admirador das mulheres. Além disso, é considerado o espírito patrono dos bares, dos locais de jogos e das sarjetas. Muito embora seja associado à maldade, o Malandro caminha nas duas linhas de trabalho: direita e esquerda. O que, consequentemente, dá a ele ”liberdade” para trabalhar para o bem e para o mal.

Está sempre pronto para defender, proteger e cuidar daqueles que acreditam e o procuram. Seus filhos são muito amados e protegidos e possuem características de quem carrega Zé Pilintra.

A história do Rei da Boêmia está ligada a crenças limitantes, julgamentos desnecessários e dúvidas. A fim de esclarecer tudo sobre Zé Pilintra e como ele morreu, preparamos este post exclusivo para você. Continue a leitura e confira!

Quem foi o Zé Pilintra?

Como Zé Pelintra morreu? Conheça toda a sua história

Há quem diga e acredite que Zé Pilintra, em sua vida terrestre, era conhecido como José dos Anjos, nacional de Pernambuco que morava em Bodocó. Devido à seca do Nordeste e aos problemas da região, José e sua família precisaram mudar para Recife. Tudo estava indo bem e dando certo até que uma fatalidade aconteceu e matou toda a sua família.

Veja a seguir e entenda melhor o desenvolvimento de sua história, o que aconteceu com ele, como morreu e o impacto que ele tem em outras religiões:

História de Zé Pilintra

Sozinho no mundo, Zé passou a morar na rua e ficou conhecido como o menino dos recados. Ele dormia, constantemente, em locais desagradáveis. Sua passagem pela vida noturna fez com que ele criasse apreço pela noitada, pelas mulheres, por bares e pelos ambientes de jogos. Sua habilidade com facas fazia com que as pessoas o temessem.

Um dia, Zé Pilintra se mudou para o Rio de Janeiro, ganhou fama rapidamente e ficou conhecido graças a sua habilidade de conhecer as boêmias da região onde habitava. Já ouviu aquele ditado que diz ”prego que se destaca sempre leva martelada”? Pois bem! Dito isso, já da para entender o que aconteceu nessa história, né?

Devido à vida que levava, Pilintra atraiu os olhares de muita gente, o que o prejudicou, pois foi morto pelas costas.

Como Zé Pilintra morreu?

desenho de zé pilintra

Assassinado covardemente, Zé Pilintra morreu com uma facada nas costas. Por chamar a atenção de todos do Rio de Janeiro, tanto homem quanto mulheres, olhares de ódio e inveja rondaram seu Zé, o que fez com que ele tivesse uma morte triste e traiçoeira, já que ninguém tinha coragem de enfrentá-lo cara a cara.

Depois de sua morte, ele incorporou sua falange e decidiu cuidar daqueles que passassem pela mesma história. Por isso, todos aqueles que o procuram, o encontram, principalmente se contarem ou tiverem um relato de traição e covardia parecido com o seu.

Quem foi que matou o Zé Pilintra?

Não se conhece ao certo quem foi que matou seu Zé Pilintra, visto que ele foi encontrado morto pela manhã. Esse assunto ainda é um mistério, entretanto, acredita-se que José tenha sido morto por um dos homens que se sentia ameaçado pelo malandro.

Em contrapartida, há, também, relatos que contam que Zulmira, uma ex-mulher da entidade, havia feito um trabalho para ele, uma vez que ele não quis registrar seu filho.

Na segunda história, conta-se que Zulmira queria Zé Pelintra só para ela, dando um prazo de 7 semanas para que ele terminasse com todas as outras mulheres. Por ser um homem da noitada e que gostava da vida que tinha. seu Zé não cumpriu com o pedido e, então, foi morto por um trabalho da mulher.

Quando morreu Seu Zé Pilintra?

Zé Pelintra faleceu em 1920, aos 41 anos. De acordo com sua história, a entidade está sepultada na cidade de Alhandra no Estado da Paraíba. Sua generosidade e apreço pelos mais pobres e desamparados fez dele uma das melhores imagens em diversas regiões e religiões.

O que o Zé Pilintra faz de ruim na vida da pessoa?

zé pilintra vestido de branco

Muitos mitos sondam a imagem de Zé Pilintra, principalmente porque ele faz parte de uma das religiões mais criticadas do Brasil, a Umbanda. Dito isso, comentários maldosos estão sempre fazendo parte de sua tradição. Um dos boatos mais comuns das falanges da religião é que elas fazem mal para o próximo, mas isso não deve definir a caminhada deles como um todo.

Considerados amigos de luz, as falanges comparecem ao terreiro a fim de atender às necessidades dos filhos ansiosos que as procuram. É o caso, portanto, de Zé Pilintra. Quando está incorporado, o malandro conversa, aconselha e ajuda quem precisa.

O que pouco se fala sobre as entidades é que, quando atendem aos pedidos, elas deixam bem claro que o pedinte sofrerá possíveis consequências no futuro. Claro, se o pedido for algo ruim para o próximo.

Ou seja, se você vai a um terreiro e pede uma simpatia para trazer o seu amor de volta, é muito provável que o seu pedido será atendido, entretanto, sabendo que está mexendo no livre arbítrio do outro, você sofrerá graves consequências por conta disso. Quem planta o bem, colhe o bem; quem planta o mal, o mal voltará.

Oração para Zé Pelintra

“Salve Zé Pelintra, mensageiro da luz, guia e protetor de todos aqueles que, em nome de Jesus, praticam a caridade; dai-me Zé Pelintra, o sentimento suave que se chama misericórdia, assim como os bons conselhos; dai-me a proteção quando puder; dai-me o apoio, a instrução espiritual de que necessito, para dar aos meus inimigos o amor e a misericórdia que lhes devemos, por amor de nosso Senhor Jesus Cristo, para que todos os homens e mulheres sejam felizes na terra, e possam viver sem amarguras, sem lágrimas e sem ódio.”

Veja uma outra oração a seguir:

Tomai-me, Zé Pelintra, sob a vossa proteção.
Desviai de mim os espíritos atrasados e obsessores enviados pelos nossos inimigos encarnados e desencarnados e pelo poder das trevas.
Iluminai meu espírito, minha alma, minha inteligência e o meu coração, abrasando-me nas chamas do seu amor por nosso Pai Oxalá.

Valei-me Zé Pelintra, neste momento, concedendo-me a graça do seu auxílio, junto a
Nosso Senhor Jesus Cristo, em favor deste pedido que faço agora [pensar no seu pedido, ou escrever].

E que Deus, Nosso Senhor, em sua infinita misericórdia, cubra a mim e meus entes queridos de bênçãos, e aumente a sua luz e a sua força, para que mais e mais possa espalhar sobre a Terra a caridade e o amor de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Assim seja!”

Ponto de Zé Pelintra

Conheça dois dos pontos mais famosos de seu Zé:

”Boa noite pra quem é de boa noite
Bom dia pra quem é de bom dia
Boa noite pra quem é de boa noite
Bom dia pra quem é de boa noite

A benção, meu papai, a benção
Seu Zé Pelintra é o Rei da Boêmia.”

”Mulher, mulher
Não tenha medo do seu marido
Se ele é bom na faca, eu sou no facão
Ele é bom na reza, eu na oração
Ele diz que sim, eu digo que não
Eu sou Zé Pelintra, ele é Lampião.”

Frases do Zé Pilintra

Conheça a seguir algumas das frases reflexivas do Rei da Boêmia:

”Ter proteção não significa que tudo vai dar certo, e sim que, mesmo que as coisas deem errado, tudo acabará bem.”

Seja paciente. Às vezes, você precisa passar pelo pior para alcançar o que há de melhor”.

”Não existe sorte. O que existe é oportunidade e conhecimento.

”Seu Zé , me blinde, me benze, me encha com o seu amor e afaste de mim tudo o que não for verdadeiro. Que o mal nunca chegue até mim.”

”As lições de Zé Pilintra me fizeram ser uma pessoa empática com os outros, me alertaram a confiar em poucos e a nunca depender de ninguém.”

Palavras Finais

Seu Zé Pelintra é uma falange muito especial e venerada em religiões de matrizes-africanas. Sua generosidade, seu carinho e sua proteção foram peças cruciais para que ele ganhasse admiração e fosse um querido. Seu Zé sabe sair e chegar de todos os lugares e, por isso, é muito bem-vindo em todos eles.

Aqueles que o procuram, certamente o encontrará. Aqueles que fazem mal aos seus filhos, terão que prestar contas em algum momento da vida, pois é o tipo de entidade que detesta traição. Por essa razão, se compadece com todos aqueles que têm uma história parecida com a sua.

Se estiver precisando de algum milagre, pode pedir, porque no momento certo, ele vai fazer. Se estiver precisando de conselhos e direções, procure e ele estará pronto para estender a mão.

Esperamos que tenha gostado do artigo e que tenha sido esclarecedor. Você já conhecia a história de Seu Zé Pelintra? Conta para gente nos comentários!

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.